Enem: apenas 77 estudantes com nota máxima na redação

brasil-vestibular-prova-fuvest-20131124-09-original3

Só 77 participantes conseguiram tirar nota máxima (1.000) na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016. A média das redações ficou entre 501 e 600 pontos. Em 2015, foram 104 notas máximas e, em 2014, 250. Em balanço divulgado nesta quarta-feira, o Ministério da Educação (MEC) informou que foram anuladas ou obtiveram nota zero em redação 291.806 provas, seja porque o estudante fugiu do tema (erro cometido por 46.974 participantes), por cópia do texto motivador (8.325) ou por ferir os direitos humanos (4.798).
Nesta edição do exame, os participantes tiveram as maiores médias na área de ciências humanas e suas tecnologias, com 533,5 pontos. A segunda maior média foi na área de linguagens e códigos (520,5), seguido de matemática (489,5) e, por último, ciências da natureza, cuja média nacional ficou em 477,1.

Robson Pires

Vídeo produzido pela UFRN ensina a combater Aedes aegypti em casa

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) apresenta mais um instrumento de combate ao Aedes aegypti: um vídeo elaborado pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e a Secretaria de Educação a Distância (Sedis), em parceria com o curso superior de Letras-Libras/Língua Portuguesa da UFRN.

Em menos de cinco minutos, o vídeo passeia por todos os cômodos de uma casa para mostrar os cuidados que evitam a proliferação do mosquito transmissor dos vírus Zika, dengue e Chikungunya. A produção conta com os recursos de audiodescrição, janela em Libras e legendagem para promover acessibilidade a todos os públicos.

 

Portaria suspende transferência de recursos para 33 municípios do RN

O Ministério da Saúde publicou portaria suspendendo a transferência de recursos financeiros para 33 municípios do Rio Grande do Norte. A medida consta na edição desta quarta-feira, 18, do Diário Oficial da União (DOU). Ao todo, a pasta suspendeu o repasses para mais de 1000 municípios em todo o Brasil.

Os municípios potiguares nesta lista são: Augusto Severo, Baía Formosa , Bento Fernandes, Caiçara do Norte, Carnaubais, Espírito Santo, Governador Dix-Sept Rosado, Ipueira, Itajá, João Dias, Jundiá, Lagoa de Velhos, Luís Gomes, Major Sales, Marcelino Vieira, Monte das Gameleiras, Rio do Fogo, Passa e Fica, Patu, Poço Branco, Porto do Mangue, Pureza, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Riachuelo, Santana do Matos, São Bento do Norte, São Bento do Trairí, São Miguel, São Tomé, Serra do Mel, Sítio Novo e Venha – Ver.

Ainda de acordo com a Saúde, a irregularidade é quanto à informação da produção da vigilância sanitária dos meses de junho a outubro de 2016, apresentando 3 (três) meses consecutivos sem informação no SIA/SUS.

Segundo o documento, a suspensão é devido a “Estados e Municípios quanto ao cadastro dos serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e quanto à informação da produção da vigilância sanitária no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS)”.

ABC e Baraúnas empatam sem gols na abertura da 2ª rodada do Estadual

ABC e Baraúnas empatam sem gols na abertura da 2ª rodada do Estadual

A primeira partida da segunda rodada do Campeonato Potiguar 2017 acabou sem gols. Baraúnas e ABC se enfrentaram no estádio Edgarzão, em Assu, e não saíram do zero a zero durante os 90 minutos de jogo.

Com quatro pontos, cada, as equipes seguem na ponta da tabela do primeiro turno da competição. No entanto, podem ser alcançadas por Potiguar ou América.

Na terceira rodada, o ABC tem o Clássico-rei contra o América. O confronto está agendado para o sábado (21), às 19h30. No entanto, a crise penitenciária no RN pode fazer que a partida seja adiada.

Já o Baraúnas tem o clássica Potiba contra o Potiguar. O jogo seria no domingo (22), mas adiado para a quarta-feira (25) para que os clubes ganhem tempo enquanto aguardam a liberação do estádio Nogueirão. Caso não haja acerto, a partida será no estádio Edgarzão, em Assu.

O jogo

A partida não foi de muitas oportunidades claras de gol. A melhor chance abecedista saiu aos 17 minutos. Nando finalizou na trave, mas não conseguiu aproveitar o rebote. Já o Baraúnas não produziu ofensivamente.

Na volta do intervalo, o duelo continuou no mesmo ritmo da primeira etapa. No entanto, o time mossoroense melhorou e chegou logo aos 4 minutos, mas o ataque não aproveitou a bola alçada na área.

O ABC só teve duas boas tentativas. Primeiro, aos 32, com Erivelton. Em seguida, com Nando. Ambas sem sucesso. Aos 37, o meia abecedista tentou mais uma vez, mas a finalização saiu pela linha de fundo.

No finalzinho da partida, o Baraúnas quase abriu o placar com Beleu. No entanto, o placar não saiu do zero.

No Twitter

Em enquete lançada pelo portalnoar.com no Twitter, apenas 2% dos internautas palpitaram no empate. A maioria dos leitores, 68%, apontou em vitória abecedista.

Juíza recusa entrada em Alcaçuz e presos do PEP são levados para a Cadeia Pública de Natal

Foto: Anderson Barbosa

A transferência de cerca de 116 presos que saíram da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP) e que iriam para as dependências da Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta, não foi concluída com sucesso.

Isso por que a juíza corregedora responsável pelo maior presídio do Estado, Maria Nilvalda Torquato, não permitiu a entrada de novos internos na unidade.

Desta forma, os detentos tiveram de ser alojados temporariamente no Presídio Provisório Raimundo Nonato, em Natal. Essa cadeia, que comporta até 216 presos, já tinha 560 detentos e agora passará a ter 676.

presos1

Oito ônibus são incendiados de uma vez em garagem da São Geraldo em Felipe Camarão

Do Agora RN.

Além dos três carros de transporte público de Natal que foram incendiados ao longo da tarde desta quarta-feira (18) por criminosos, outros seis ônibus tiveram fogo ateado no bairro de Felipe Camarão, zona Oeste da cidade, no início da noite.

As informações foram confirmadas por funcionários da empresa São Geraldo, que foi o alvo dos bandidos nesta ação. Com esses oito, subiu para onze o número de ônibus queimados somente nesta quarta-feira em Natal, em retaliação as transferências de bandidos entre as penitenciárias do Estado.

Um policial militar que está atendendo a ocorrência e não quis se identificar explicou como ficou sabendo do caso.

“Estávamos indo para uma ocorrência na delegacia de Felipe Camarão. Ao passar aqui vimos os ônibus em chamas. Os funcionários estavam acuados numa residência por que foram rendidos pelos bandidos. Estavam todos assustados. Participaram da ação cerca de seis à oito criminosos”, disse à reportagem do Portal Agora RN.

Um carro de propriedade do Governo do Rio Grande do Norte também foi incendiado por criminosos durante a tarde no bairro de Mãe Luiza. Apesar da situação estar tensa, o secretário de segurança do Estado, Caio Bezerra, assegurou que a população não precisa ficar atordoada nem suspender suas atividades durante a noite.

VÍDEO: Noite de destruição e terror no Pereirão em Caicó

A noite é de tensão no Presídio Pereirão em Caicó. Presos iniciaram um motim na noite desta quarta-feira (18), Colchões foram incendiados. Informações ainda desencontradas dão conta de que pelo menos um preso teria sido morto durante a rebelião. Outra informação ainda não oficialmente confirmada é que esse detento seria de Currais Novos.

 

Sindicato manda recolher frota após ataques e incêndio a ônibus em Natal

Ônibus são atacados no terminal do Vale Dourado, Zona Norte de Natal (Foto: Emmily Virgílio/Inter TV Cabugi)
Os ônibus que circulam em Natal estão sendo recolhidos às garagens. A ordem foi dada e a informação confirmada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Rio Grande do Norte. A justificativa é a falta de segurança. Na tarde desta quarta (18), três ônibus e um carro do governo do estado sofreram ataques criminosos. O vídeo acima mostra um dos ônibus em chamas. Não há informação de pessoas feridas.

Em nota, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) declarou que “devido aos incêndios a ônibus, todas as empresas estão recolhendo a frota”.
Segundo o major Eduardo Franco, da assessoria de comunicação da PM, a Secretaria de Segurança investiga se os ataques têm relação com a crise no sistema penitenciário do estado.
Ainda de acordo com o sindicato dos rodoviários, uma reunião a ser realizada ainda nesta quarta vai definir se os ônibus circularão normalmente nesta quinta (19).
O Sintro informou que a frota de ônibus da capital potiguar é formada por 630 veículos. Nesta época do ano, em razão das férias, 380 mil pessoas usam o transporte público diariamente na cidade.
Os ataques acontecem no mesmo momento em que a PM faz a remoção de presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. No local, 26 detentos morreram durante uma rebelião no final de semana. Destes, segundo o governo, 15 foram decapitados. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.
A remoção dos presos é uma nova tentativa de o Estado retomar o controle da unidade. Para a retirada dos detentos o governo está usando ônibus de turismo locados.
Ataques
Comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, o major Soares disse ao G1 que o primeiro ataque registrado foi contra um carro do governo que estava estacionado na frente da casa de um servidor que mora no bairro de Mãe Luíza. Seis pessoas teriam se aproximado a pé e atirado contra o veículo, que em seguida pegou fogo.

Ônibus foi destruído pelas chamas, ninguém se feriu (Foto: PM/Divulgação)

Seturn confirma incêndio de dois ônibus no terminal da Guanabara no Vale Dourado

onibus'1

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Natal (Seturn) confirmou à reportagem do Portal Agora RN que dois ônibus da empresa Guanabara foram incendiados no bairro do Vale Dourado, na Zona Norte da cidade.

Segundo o Seturn, dois carros ficaram em chamas após ações dos criminosos. Além deles, um veículo também foi incendiado na Praia do Meio, totalizando três até então.

A ação dos bandidos é, possivelmente, uma retaliação às transferências de detentos que estão sendo realizadas nos presídios do Rio Grande do Norte desde a manhã desta quarta-feira (18).

A frota de ônibus que circulava normalmente na capital já foi autorizada a ser recolhida às garagens e assim os motoristas estão fazendo. Em breve, nenhum ônibus deverá estar circulando na capital potiguar.