Morre aos 76 anos, o delegado da Polícia Civil Maurílio Pinto de Medeiros

0
Morreu por volta das 21h30 deste sábado, aos 76 anos de idade, por complicações do diabetes, o ex-subsecretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, delegado aposentado da Polícia Civil, Maurílio Pinto de Medeiros. Ele estava internado, desde o dia 22 de março, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Casa de Saúde São Lucas, onde teve a perna amputada, após uma infecção. Maurílio chegou a precisar de doações de sangue e seu estado de saúde era considerado estável até sexta-feira.
O velório terá início às 6 horas deste domingo no Centro de Velório da rua São José, com missa às 15 e sepultamento às 16 horas, no cemitério Morada da Paz, em Emaús. Maurílio deixa mulher (Clarissa) e quatro filhos (Ana Cláudia, Adriana, Maurílio Júnior e Fabiana).
Neste sábado, chegaram a noticiar durante à tarde, nas redes sociais, que Maurílio havia falecido. A família desmentiu o boato, mas admitiu que o quadro de saúde do delegado era gravíssimo.
Segundo Ana Cláudia Medeiros, filha mais velha de Maurílio, antes da internação hospitalar, seu pai vinha se queixando de dores no pé, após sofrer uma pancada. “Percebemos que o ferimento estava piorando a cada dia, chegando inclusive a inflamar. Resolvemos, então, levá-lo ao hospital para iniciar o tratamento. O problema é que, devido ao diabetes, ele já apresentava problemas de circulação. Também não estava respondendo satisfatoriamente à medicação. Foi quando os médicos resolveram amputar um dos dedos do pé esquerdo. Só que o problema circulatório continuou e aí foi preciso amputar a perna. Ele chegou a ser entubado e precisou de doações de sangue. A partir daí, vinha se recuperando bem, até ter essa piora”, relatou.
De acordo com ela, desde que Maurílio se aposentou, em 2011, vinha mantendo uma rotina tranquila. “Devido à limitação de mobilidade, por conta do AVC, que comprometeu os movimentos do lado esquerdo, meu pai preferia ficar em casa, curtindo os filhos, netos e bisneta. Sempre estava lendo alguma coisa em seu escritório, recebendo amigos e se atualizando nos fatos cotidianos. Nunca deixou de ajudar a quem lhe pedisse um favor”

Agora RN

Veja a lista das cidades do Rio Grande do Norte que terão o sinal analógico de TV desligado em maio

0
Sinal Digital oferece muito mais conteúdo, qualidade de som e imagem.  (Foto: Geórgia Rodriges )
A transição do sinal analógico para o sinal digital já começou no Rio Grande do Norte. No dia 30 de maio o sinal analógico será desligado nas seguintes cidades do estado:
Natal
Arês
Brejinho
Ceará-Mirim
Extremoz
Ielmo Marinho
Lagoa de Pedras
Lagoa Salgada
Macaíba
Maxaranguape
Monte Alegre
Nísia Floresta
Parnamirim
Poço Branco
Riachuelo
Rio do Fogo
Santa Maria
São Gonçalo do Amarante
São José de Mipibu
São Pedro
Senador Giorgino Avelino
Serra de São Bento
Taipu
Tibau do Sul
Vera Cruz
Vila Flor
Se a sua cidade não está nesta lista você pode consultar a data do desligamento do sinal analógico AQUI.
Até o dia 30 de maio, a população dessas 26 cidades do RN listadas acima precisa preparar suas casas para que continuem assistindo os canais abertos de televisão. O sinal digital já está disponível e todo aparelho de televisão pode exibir a programação dos canais abertos com melhor qualidade. Se o equipamento for de tubo ou fabricado antes de 2010, precisará de uma antena digital e um conversor. Se o televisor for de tela fina fabricado depois de 2010, precisará apenas uma antena para TV digital.

G1 RN

RN é o 4º estado que mais denuncia casos de violência contra crianças e adolescentes

0
De acordo com o relatório do balanço da Ouvidoria do Ministério dos Direitos Humanos, no ano de 2017, foram registradas, no total, 1.921 denúncias através de ligações para o Disque 100 em todo o território potiguar, na categoria “Criança e Adolescente”. Em comparação ao ano de 2016, com registro de 1. 877 denúncias, houve um aumento de 2, 34% de casos.
Destes casos, cerca de 420 foram de natureza sexual, incluindo crimes de abuso sexual, estupro, exploração sexual, aliciamento, pornografia infantil e troca de textos com conotação sexual. Tendo em vista o número de habitantes, o Estado fica no quarto lugar da lista, com a média nacional de maior número de denúncias através do serviço.
A delegada Dulcinéia Costa, conta que a Delegacia Especializada trabalha com os registros das denúncias vindas de diversos canais de comunicação, além do Disque 100. “O registro da ocorrência geralmente é feito pela comunicante, que pode ser algum familiar, pode ser um responsável, pode ser alguém do conselho tutelar, que vem noticiar o fato”, explica a delegada.
Porém, por muitas vezes as denúncias são anônimas, e Dulcinéia conta que a delegacia recebe muitos trotes, onde pessoas fazem brincadeiras ou agem mal intencionadas contra conhecidos. “Não é prudente se instaurar um inquérito policial apenas com uma denúncia anônima. Então é por isso que antes de fazer o procedimento a gente expede uma ordem de serviço para que seja obtida uma investigação preliminar”, diz.

Aumento é aprovado e valor da tarifa de ônibus chega a custar R$ 3,65 em Natal

0
Em reunião do Conselho Municipal de Transportes nesta sexta-feira, 18, foi aprovado o aumento na tarifa dos ônibus no municipal de Natal. O valor terá um aumento de quase 9% e passará de R$ 3,35 a R$ 3,65. Após aprovação do Conselho, aumento deve ser homologado pelo prefeito Álvaro Dias (MDB).
Ainda nesta sexta deverá ser informado através de nota emitida pela Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), um comunicado que informa quando o valor passará a valer na cidade. A proposta foi aprovada com 16 votos a favor e 3 contra em reunião com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro), STTU, Seturn, representantes do comércio e entidades estudantis.
Segundo o acordo assinado com os empresários, que almejavam um aumento ainda maior, 6 novas estações de transferência e 50 novos abrigos de ônibus deverão ser construídos na cidade. Apesar de não ser o ideal, a proposta foi acolhida, pois os empresários consideraram que seria melhor do que não haver nenhum reajuste.
Com o aumento constante no valor dos combustíveis, os empresários viam como ideal o aumento nas passagens para R$ 4,00. De acordo com Nilson Queiroga, consultor da Seturn, este valor poderá intervir na qualidade do serviço prestado à população. Vale ressaltar, que a Sintro e a Seturn vinham negociando há alguns dias o reajuste salarial requisitado pelos rodoviários. Este ajuste dependia também da aprovação do aumento das passagens dos transportes coletivos.
O novo valor é visto como “absurdo” pelos usuários do serviço. Com o novo valor de R$ 3,65, a tarifa pode gerar um gasto de R$ 146,00 por mês no bolso do trabalhador natalense – considerando duas passagens a cada dia de trabalho, de um indivíduo que trabalha de segunda a sexta. Tendo por base o salário mínimo, cujo valor hoje é de R$ 954, isso representa 15,3% do recebido gasto com transporte.